Resenha de Livro: O Livro do Amanhã - Cecelia Ahern

3 comentário(s)
Título: O Livro do Amanhã
Título Original: The book of Tomorrow
Autor: Cecelia Ahern
ISBN: 978-85-8163-034-2
Páginas: 368
Ano: 2013
Editora: Novo Conceito
Preço: 29,90
Avaliação:


Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.

 Uma sensível narrativa condensada em diferentes clímax


Tamara Goodwin é uma europeia de imagem estereotipada, ou seja, uma patricinha que teve tudo o que quis desde pequena e não liga a mínima para o que as pessoas dizem ou pensam sobre ela. Tendo passado a vida toda gozando do luxo proporcionado pelos familiares, a garota nunca teve de assumir responsabilidades ou se preocupar com qualquer coisa ao seu redor. Beber, passear em carros esportivos, frequentar lugares caros e exclusivos além de terminar o dia dando amassos em vários rapazes descolados fazem parte da rotina da protagonista.

Tudo isso muda quando ao se ver mergulhado em dívidas, o pai de Tamara faz uma mistura perigosa de álcool com medicamentos e acaba morrendo. Sua mãe acaba mergulhando em um estado deplorável depois do fato, ficando em catatônica e praticamente reclusa a si mesmo. Tamara então é obrigada a tomar as rédeas da situação e acaba se mudando junto com sua mãe para uma pequena cidade do interior onde vivem alguns parentes, sem nem imaginar que esse é apenas o primeiro passo de uma longa jornada de auto descoberta e mistério. 

O Livro do Amanhã não chega a ser um livro fantástico, mas certamente é uma surpresa para um gênero que está recheado de clichês e mesmices. Cecelia Ahern mais uma vez construiu uma obra cheia de traços dramáticos que culminam em uma superação grandiosa e exemplar com o auxílio do amor verdadeiro. 
Tamara é uma personagem que a princípio agrada apenas uma minoria dos leitores e a partir do momento que começa a perceber a realidade ao seu redor e ter uma espécie de auto reconhecimento, surge laços fortes entre personagem e leitor.  

A ambientação da história mistura muito bem o romance com o mistério (esse um tanto que fantástico). Enquanto está na casa dos seus parentes, Tamara acaba recebendo a visita de Marcus, um garoto que trabalha em uma espécie de biblioteca ambulante que distribui livros pelo vilarejo. Depois de alguns encontros ao acaso, Tamara acaba pegando um diário na biblioteca que não tem nada escrito. Até que o mesmo acaba se auto escrevendo, e não só isso, escrevendo fatos que aconteceriam no futuro da personagem. Primeiramente, Tamara pensa estar louca e depois percebe que não só está louca como o que o diário diz realmente começa a acontecer. 

Talvez a obra desagrade o leitor durante a primeira parte por ter um ritmo bem lento, porém, ao chegar um pouco perto da metade as coisas começam a mudar e é quase impossível parar a leitura. A sensibilidade intrínseca nos personagens faz com que a história cative o leitor muito mais facilmente e ainda mais, faz com que o mesmo se insira totalmente no contexto e sentir a dor dos personagens de modo extremamente natural e normal. 

É necessário dizer que o diário que escreve sozinho o futuro não é nem de longe o foco principal do livro, não passando de uma metáfora no meio do contexto. Essa foi com certeza uma sacada excelente e só tornou a narrativa romântica ainda mais interessante. Como estamos falando de um romance, vale ressaltar que não existe exageros no que se refere a uma ambientação demasiada açucarada, pelo contrário, temos algo muito pungente e próximo da realidade, mas claro, com um romantismo um pouco escasso. 

Leve e ao mesmo tempo profundo, O Livro do Amanhã tem tudo que um romance precisa ter e um pouco mais. Absolutamente, Cecelia Ahern foi feliz com sua nova obra e manteu a qualidade desde o seu primeiro livro P.S Eu te Amo. Sem dúvida, uma ótima indicação para os fãs do gênero. 


3 comentários:

Marli Carmen disse...

Juan.
Oi, gostei de conhecer sua opinião. Assim, também, não vou com muita expectativa. Isso quando conseguir a oportunidade de ler esse livro que quero hehehe
Essa questão da narrativa lenta no começo não me assusta. Mesmo assim, quero ler.
Beijocas
http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

Amy disse...

Eu adorei o livro. Não tinha gostado de A vez da minha vida. Felizmente, Cecelia não perdeu a mão.
;D
ficou ótima.
beijos,
Amy
http://il-macchiato.com

juliano cesar de oliveira disse...

Oi adorei.. muito obrigado, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.